Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Homem é morto a facadas na cidade de Itabaiana
Segundo a polícia, o autor do crime invadiu a casa da vítima. Um homem de 57 anos foi encontrado morto, com sinais de perfuração por arma branca, na madrugada deste domingo (22), em uma residência no Bairro Riacho Doce, em Itabaiana (SE). Segundo o delegado Elder Sanches, ele foi assassinado após o suspeito, com quem tinha uma desavença, ter invadido a sua casa, alcoolizado, e ter iniciado uma discussão. Ainda de acordo com delegado, o autor do crime efetuou vários golpes contra o homem que não resistiu e morreu no local. “Ele foi preso horas depois, após policiais civis e militares realizarem buscas na região e receberem informações de onde ele estava se escondendo. Ao perceber a presença dos policiais o homem iniciou uma fuga, pulando os muros de vários quintais. Acabou se machucando, foi socorrido e preso em seguida”, explicou. O delegado informou também que o suspeito tem passagem pela polícia por tentativa de homicídio e agora via responder por homicídio qualificado. O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda o reconhecimento da família para ser liberado para sepultamento.
Sun, 22 Jul 2018 19:51:24 -0000
'Arraiá Pet' reúne mais de 120 cães e gatos com seus donos em Limeira; FOTOS

Pets participaram de concurso de fantasia, quadrilha e receberam premiação em vale-compras na tarde deste domingo (22). A segunda edição do "Arraiá Pet" reuniu 128 cães e gatos na tarde deste domingo (22) em Limeira (SP). O evento teve desfile com os animais de estimação, concurso de melhor fantasia, com premiações em vale-compras, além de quadrilha pet, “cãorreio” elegante e um espaço para embelezar o animal de estimação. O Arraiá foi realizado no Shopping Nações, e além da participação dos pets nas brincadeiras, a ONG Alpa Limeira levou alguns animaizinhos para serem adotados. No total, foram quatro adoções, segundo assessoria do evento. Confira algumas fotos do Arraiá Pet: Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Com "cadeira de rodas", cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cães participam da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cachorro participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Gatinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Pets e seus donos participaram de quadrilha na 2ª Edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinhos participam da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Cãozinho participa da 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Donos levaram seus bichinhos para a 2ª edição do Arraiá Pet em Limeira João Paulo Baxega/Dínamus Assessoria Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Sun, 22 Jul 2018 19:49:08 -0000
Homem é morto a tiros no Morro do Cruzeiro, em Resende, RJ
De acordo com PM, criminosos armados teriam invadido a casa dele no Morro do Cruzeiro, para cometer o crime. Um homem, de 33 anos, foi morto a tiros na noite de sábado (21) em Resende, no Sul do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar (PM), criminosos armados teriam invadido a casa dele no Morro do Cruzeiro pra cometer o crime. Ainda segundo a PM, a vítima foi identificada como William da Silva Correa. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). O crime foi registrado na 89ª Delegacia de Polícia (Resende). Até o momento, ninguém foi preso.
Sun, 22 Jul 2018 19:45:06 -0000
Corpo do cenógrafo Helio Eichbauer é cremado no Rio neste domingo

Ele morreu aos 76 anos após um sofrer um infarto em sua casa, no Rio. Helio fez cenografia de 'O Rei da Vela', em 1967, e trabalhou com Caetano Veloso, Chico Buarque, Glauber Rocha entre outros. Corpo de Hélio Eichbauer é velado no Rio de Janeiro O corpo do cenógrafo Helio Eichbauer, que morreu no Rio na sexta-feira aos 76 anos, foi cremado na tarde deste domingo (21) no Memorial do Carmo, no Caju, no Centro do Rio. Ele sofreu um infarto em sua casa. No velório, artistas e amigos foram se despedir do cenógrafo que construiu uma carreira de mais de 50 anos. Corpo de Hélio Eichbauer é velado no Rio de Janeiro Um dos trabalhos mais marcantes foi na peça "O rei da vela", em 1967, do Teatro Oficina, dirigido por José Celso Martinez Corrêa, com texto de Oswald de Andrade. "O rei da vela" renovou o teatro brasileiro e influenciou também a geração da arte e da música Tropicalista que se formava na época. Helio Eichbauer reconstruiu os cenários da peça modernista quando ela foi remontada 50 anos depois, em 2017. Hélio Eichbauer em sua exposição no Centro Cultural dos Correios, no centro do Rio de Janeiro, em 2006, para comemorar seus 40 anos de carreira. Ele posa com um fundo que foi do show "O Estrangeiro", de Caetano Veloso, nos anos 80, baseado no cenário que ele havia feito para a peça "O Rei da Vela", nos anos 60. Alaor Filho / Estadão Conteúdo Ele trabalhou com diversos músicos brasileiros, em especial Caetano Veloso e Chico Buarque - os cenários das turnês atuais de ambos os cantores, por exemplo, são de Helio Eichbauer. Hélio Eichbauer em sua exposição no Centro Cultural dos Correios, no centro do Rio de Janeiro, em 2006, para comemorar seus 40 anos de carreira. Ele posa com um fundo que foi do show "O Estrangeiro", de Caetano Veloso, nos anos 80, baseado no cenário que ele havia feito para a peça "O Rei da Vela", nos anos 60. Caetano Veloso falou sobre Helio Eichbauer em vídeo enviado à GloboNews (veja acima): "O Helio, para nós, é uma coisa incrível. Tem sido para mim desde 1967, quando eu vi 'O rei da vela'". "Ele tinha estudado com Svoboda [cenógrafo tcheco], voltou, trabalhou com o Zé Celso [Martinez Corrêa] e fez aquela imagem inesquecível, que é a mais forte do tropicalismo", define Caetano. "Depois nos anos 80 fizemos muitas colaborações", ele lembra. "O Helio é um dos maiores artistas que eu conheço e uma das pessoas que eu mais amo na minha vida." Capa do álbum 'Estrangeiro' (1989), de Caetano Veloso Arte de Helio Eichabuer Trajetória Nascido no Rio em 1941, Helio estudou e trabalhou pelo mundo antes de voltar para deixar sua marca na arte brasileira. No início dos anos 60, morou em Praga, na atual República Tcheca, onde foi orientado por Josef Svodoba, referência da cenografia mundial. Depois, ele estagiou na Berliner Ensemble e na Ópera de Berlim, e fez outros trabalhos na França e na Itália e em Cuba. Além do Teatro Oficina, ele fez cenários de teatro do Grupo Opinião e outras montagens marcantes como "Os Veranistas", do diretor Sergio Britto, em 1978 e "Calabar" (1980), de Chico Buarque e Ruy Guerra. Ele também teve trabalho importante no cinema, em filmes como "Dragão da Maldade contra o Santo Gerreiro", de Glauber Rocha. Entre os outros filmes em que ele trabalhou estão "Tudo Bem", de Arnaldo Jabor, "O Homem do Pau-Brasil", de Joaquim Pedro de Andrade, "Gabriela", de Bruno Barreto e "Kuarup", de Ruy Guerra. Na música, além de Chico e Caetano, ele colaborou com artistas como Gal Costa e Marisa Monte. Helio era professor da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Sun, 22 Jul 2018 19:43:09 -0000
Professor é preso suspeito de estelionato no interior do Acre; prejuízo ultrapassa R$ 60 mil

Segundo a polícia, docente e mais duas pessoas compravam animais e não pagavam as vítimas. Núcleo de Ensino da SEE de Feijó diz que ainda não foi informado da prisão. Professor da cidade de Feijó foi preso suspeito de comprar animais e não pagar os fazendeiros Reprodução/Google Street View Um professor do município de Feijó, interior do Acre, foi preso pela Polícia Civil do Acre suspeito de estelionato. Segundo as investigações, o docente, com mais duas pessoas, comprava animais e não pagava os fazendeiros. O prejuízo ultrapassa R$ 60 mil, segundo a polícia. Além do servidor, uma segunda pessoa foi presa e uma terceira é procurada. As prisões foram pedidas pela polícia à Justiça da cidade, e os mandados cumpridos no sábado (21). Ao G1, a coordenadora-geral do Núcleo de Ensino da Secretaria de Educação e Esporte do Acre (SEE-AC), Cardoci Paiva de Lima, explicou que ainda não foi notificada oficialmente da prisão do professor. Segundo ela, o docente faz parte do quadro de professores temporários contratados em 2018 pelo período de 10 meses. “Não tenho nada a comentar sobre a prisão do professor porque ainda não foi informada. Ele é professor temporário da área urbana. Aconteceu ontem [sábado, 21], a escola está fechada e amanhã [segunda,23] devem nos informar. Vamos tomar as devidas providências conforme a manda a legislação vigente", complementou. O delegado responsável pelas investigações, Obetânio dos Santos, diz que investiga os suspeitos há quatro meses. Segundo o delegado, o terceiro suspeito não mora no município. "A acusação diz que três indivíduos se juntaram e praticaram crimes de estelionato e de formação de quadrilha. Simulavam a compra de animais e, esse professor, supostamente usava ‘laranjas’, dizia que estava aguardando o dinheiro de financiamento para pagar a compra desses animais. Foi apresentado pela prisão, a Justiça decretou e foi cumprida ontem”, complementou. Santos ressaltou que o trio fez diversas compras com um fazendeiro da região. Até o momento, foi identificada apenas essa vítima,mas o valor do prejuízo chega a R$ 64 mil. “Temos uma pessoa que foi vendida uma habilitação falsa. Tem outra pessoa que foi vítima de um golpe de R$ 64 mil. Agora estamos averiguando outras denúncias que apareceram. Tem um inquérito instaurado na delegacia de uma carteira falsa (CNH)", declarou.
Sun, 22 Jul 2018 19:41:39 -0000
Dois rapazes morrem e outros dois ficam feridos em acidente na rodovia entre Guapé e Ilicínea

Carro com quatro rapazes bateu na traseira de um caminhão parado na pista. Carro bateu na traseira de um caminhão na rodovia entre Guapé (MG) e Ilicínea (MG) Redes Sociais Dois rapazes morreram e outros dois ficaram feridos em um acidente na rodovia que liga as cidades de Ilicínea (MG) e Guapé (MG), na noite de sábado (21). Segundo informações da Polícia Militar, um caminhão estava parado na pista com problemas mecânicos e o motorista do carro em que os quatro rapazes estavam, não percebeu a sinalização e bateu na traseira do caminhão. Duas vítimas morreram no local e outras duas foram encaminhadas para a Santa Casa da Misericórdia de Passos, em Passos (MG). A prefeitura Municipal de Guapé publicou uma nota lamentando a morte dos jovens em sua página oficial. Segundo a publicação, eles teriam sido funcionários do órgão. Os corpos de Altiellisson Soares de 27 anos e Marcus Vinícius Ribeiro de 25 anos, foram sepultados na manhã deste domingo (22), no Cemitério Municipal de Guapé. A Santa Casa de Passos não divulgou informações sobre as outras vítimas. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Sun, 22 Jul 2018 19:32:48 -0000
Colisão entre moto e bicicleta deixa duas pessoas feridas na AL-101 Norte

Ciclista precisou ser levado para o Hospital Geral do Estado (HGE). Ciclista foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió Waldson Costa/G1 Duas pessoas ficaram feridas na tarde deste domingo (22) após o choque entre uma motocicleta e uma bicicleta em um trecho da AL-101 Norte, em Sauaçuhy, Litoral Norte de Maceió. No impacto, o ciclista ficou com diversas escoriações e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE). Uma equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também foi acionado e ajudou a sinalizar um dos sentidos da via, que ficou bloqueado. Um dos sentidos da via onde ocorreu o acidente ficou bloqueada e o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) precisou ser acionado Waldson Costa/G1 Ciclista teve diversas escoriações e foi socorrido pelo Samu Waldson Costa/G1 Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Sun, 22 Jul 2018 19:31:30 -0000
SIGA: tempo, trânsito e outras notícias do domingo no RJ
Light faz trabalho de manutenção na Niemeyer e trânsito está intenso. SIGA: tempo, trânsito e outras notícias do domingo no RJ Light faz trabalho de manutenção na Niemeyer e trânsito está intenso.
Sun, 22 Jul 2018 19:30:56 -0000
Tetraplégico, jornalista de Ribeirão Preto escreve livro com sátira sobre as próprias deficiências

Gabriel Pereira, de 31 anos, conta como superou limitações desde a infância até se tornar escritor. 'Piada é igual sobremesa: não existe sem acidez', diz. O jornalista e escritor Gabriel Pereira, de Ribeirão Preto (SP) Rodolfo Tiengo/G1 Quando nasceu, Gabriel Sanitá Pereira teve que lidar com algo maior que seu entendimento sobre a vida. O hoje jornalista de 31 anos, que acaba de lançar seu segundo livro no Brasil e em Portugal com sátiras das próprias limitações, nasceu em Ribeirão Preto (SP) com uma paralisia de causa desconhecida que roubou os movimentos de seu corpo. Nunca foi fácil. Gabriel tentou de tudo para reverter o processo, de fisioterapeuta a fonoaudiólogo. Enquanto tentava viver a vida considerada normal pela maioria em casa e na escola, dependendo do auxílio dos outros para aquilo que as pernas e as mãos não lhe permitiam fazer, enfrentou o preconceito das mais diferentes formas, da curiosidade insensata de alguns à ousadia de outros em dizer o que um ser humano é ou não capaz de fazer. “Sofri vários tipos de preconceito, desde gente perguntando de cinco em cinco minutos como eu fazia xixi até a psicóloga do colégio onde eu fiz pré-escola me proibindo de frequentar as aulas." Ao mesmo tempo, teve que aprender a superar e a entender as limitações, principalmente aquelas que afetam diretamente as coisas mais básicas de uma pessoa, de fazer uma refeição à possibilidade de namorar alguém. Gabriel Pereira, jornalista de Ribeirão Preto que conta em livro situações vividas por um deficiente Rodolfo Tiengo/G1 “Mas isso nunca fez minha cabeça. A gente xinga, fica nervoso depois passa. Hoje sou melhor que tudo isso. Não vou mentir para você. Ser deficiente é uma droga, é difícil ficar com mulher, você depende de todo mundo pra tudo. Nesse sentido, é normal que, em algum momento, você acorde se achando um lixo, mas o segredo é fazer esse tipo de pensamento durar menos tempo possível.” Sem se deixar abater, Gabriel concluiu o ensino médio e ingressou na faculdade de jornalismo em 2007, a qual concluiu quatro anos depois e praticou, ao passar por diferentes veículos de comunicação da região. Não satisfeito, foi além e fez, em 2015, uma pós-graduação em História Cultural. De uma tentativa frustrada de criar um site e de tentar empreender de alguma maneira, Gabriel decidiu escrever seu primeiro livro em 2017. O jornalista inventou um personagem fictício para relatar histórias autobiográficas na obra “Antes dos 30”, lançada após oito meses de dedicação. “Vi uma entrevista de um treinador de futebol que gosto bastante, Juan Carlos Osorio, falando que ele queria treinar um time na Copa do Mundo antes dos 60. Eu fiquei pensando: quero escrever um livro antes dos 30. Aí ficou ‘Antes dos 30’. Foi uma coisa mais caseira, mas vendi 300 cópias." O retorno positivo que a limitada tiragem não expressa e o impacto psicológico que o infarto do pai lhe causou no ano passado o motivaram a dar sequência à carreira literária, dessa vez com algo bem humorado. O jornalista Gabriel Pereira com os pais em Ribeirão Preto, SP Rodolfo Tiengo/G1 “Eu estava escrevendo um livro de crônicas políticas, no meio do caminho meu pai enfartou e todo mundo, para me consolar, mandava aquela música do ‘Trem bala, parceiro’. Aí eu pensei: Cara, se eu continuar nessa vibe de tristeza vou complicar a recuperação do meu pai , além de eu enfartar.” Dos vídeos de comédia stand-up da internet, Gabriel teve a ideia de fazer piada com a própria vida, mas ao seu modo. Em “Nem te contos”, Gabriel reúne 48 crônicas, todas inspiradas em situações do dia a dia de um deficiente físico. Além de Ribeirão e São Paulo, o livro foi lançado em Lisboa, sede da editora em Portugal. "Recebi de uma amiga a informação de que essa editora estava recrutando novos escritores, pegando originais, aí mandei o meu. Eles aprovaram e eu assinei contrato", explica. De maneira irônica, Gabriel expõe sua frustração diante de situações inusitadas. "Tem o dia que eu tive um piriri em uma balada, os foras que tomei na balada, os porres que já tomei, um monte de situação. Tem as perguntas idiotas que o povo me faz", diz. Aliás, no assunto perguntas desnecessárias, o escritor enumera várias, como a vez que o garçom de uma churrascaria perguntou se ele comia. “Como tenho uma voz de motor de trator, pus tudo no livro. Porém, eu acredito que o humor não tenha influência na minha vida, até porque me acho mal humorado. Mas piada é igual sobremesa: não existe sem acidez.” Depois de oito meses dedicados ao livro, tudo que Gabriel quer agora é curtir a pausa do trabalho, sonhando vender 3 mil cópias do seu livro, margem estabelecida pela editora para que sua obra possa ser traduzida para o espanhol e para o inglês. “Minhas férias estão começando, só quero assistir a Copa do Mundo e o Torneio de Wimbledon deitado na minha cama." 'Nunca o tratamos como deficiente' Para a mãe, Maria Paula Sanitá Pereira, de 57 anos, essa capacidade que Gabriel tem de fazer piada com as próprias limitações resulta do fato de ele nunca ter sido tratado de maneira diferente em casa. "Nunca o tratamos como deficiente. A bronca que eu tinha que dar no meu primeiro filho eu dava nele também: 'mãe, não estou bom, quero faltar da escola'; 'não, você não vai faltar não, você vai'." Segundo ela, depois de uma gestação normal, Gabriel começou a demonstrar sua deficiência física aos seis meses de vida, quando não conseguia se manter sentado. Ao mesmo tempo em que buscava tratamentos e diagnósticos médicos, a família também teve que lidar com a falta de inclusão nas escolas. "Além de levar uma cadera de rodas, que era uma coisa meio inédita em uma sala de aula, eu ainda tinha que colocar aquela mesa, tinha um computador 386, com impressora. No começo foi tudo muito complicado", relata Maria Paula. A inclinação para a escrita e áreas afins também apareceu cedo, afirma a mãe. "Com 13 anos ele já escrevia para um jornal de bairro", afirma. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão e Franca
Sun, 22 Jul 2018 19:29:10 -0000
Inscrições para aulas de dança abrem nesta segunda em Casimiro de Abreu, no RJ
Matrícula deve ser feita no Cine Teatro Meus Oito Anos. As inscrições para aulas de dança gratuitas abrem nesta segunda-feira (23), em Casimiro de Abreu, no Interior do Rio. São 50 vagas para as modalidades de dança de salão e By Dancing. Os interessados em praticar as aulas devem ter no mínimo 15 anos e, para fazer a inscrição, devem comparecer ao Cine Teatro Meus Oito Anos com certidão de nascimento ou identidade, três fotos 3 x 4, comprovante de residência atualizado, declaração de escolaridade, documento de identidade do responsável e atestado médico. As aulas para as duas modalidades serão realizadas nos turnos da manhã e da noite, uma vez por semana, segundo informou a Prefeitura. O Cine Teatro Meus Oito Anos fica na Rua Franklin José dos Santos, nº 87, no Centro da cidade.
Sun, 22 Jul 2018 19:25:13 -0000

Offerte e servizi speciali per te

This page was created in: 1.44 seconds

Copyright 2018 Oscar WiFi

Questo sito consente l’invio di cookie tecnici, di profilazione di 'terze parti' e utilizza cookie di analisi di terze parti per compilare statistiche aggregate ed anonime. Per avere indicazioni sull’uso dei cookie e la possibilità di scegliere quali specifici cookie autorizzare acceda all’Informativa estesa. Proseguendo nella navigazione mediante accesso ad altra area del sito o scroll della pagina o selezione di un elemento dello stesso (immagini o link) oppure selezionando ACCETTA I COOKIE acconsente l’utilizzo dei cookie presenti. Ulteriori informazioni