Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Fã vestida de noiva é chamada para subir ao palco em show de Sandy, em Fortaleza

Paula Alexandre não teve tempo de trocar de roupa após a festa de casamento e foi com o traje matrimonial para o show da cantora A noiva subiu no palco a convite de Sandy e cantou junto com ela a música 'Tempo' Divulgação Depois do casamento, uma noiva viveu mais um momento especial, na noite do último sábado (10). Paula Alexandre, de 31 anos, foi vestida de noiva para acompanhar o show de Sandy realizado em Fortaleza e foi chamada para subir ao palco. A cerimônia de casamento de Paula foi realizada na manhã de sábado (10). No período da tarde, noivos e convidados se reuniram para comemorar a união, que se estendeu até o início da noite. Paula percebeu que já estava atrasada para curtir o show e resolveu ir com o vestido de noiva. "Eu não tive tempo de tirar o vestido, pois já estava quase na hora de começar o show. Eu não poderia perder esse show pois me preparei muitos meses antes para estar nele, então fui de vestida de noiva mesmo", conta. No palco, Sandy recebeu a notícia de que uma fã vestida de noiva estava na platéia para prestigiar o show. Em conversa com nossa equipe por telefone, Paula Alexandre revelou que em um determinado momento, a cantora disse que iria chamar uma pessoa da plateia para sentar perto dela e acompanhar a música "Tempo". Foi nesse instante, que com ajuda da plateia, Paula foi escolhida para subir e sentar no colo de Sandy para acompanhar a canção. "Que noiva linda. Como foi isso de casar e vir pra cá?", perguntou Sandy. "É que seu show caiu no dia do casamento e aí, coincidentemente, foi de dia o casamento, e eu já sabia que tinha que sair assim", a noiva explicou, olhando para o noivo na plateia. Paula afirmou que ele é compreensível e que iriam para a lua de mel em seguida. "Vai sair daqui direto pra lua de mel inspirada!", brincou Sandy. Nas redes sociais, Paula se derreteu pela cantora. "Que dia especial! 10 de novembro foi mesmo um grande dia. Transbordei de felicidade e de amor! Tive um casamento lindo, uma festa maravilhosa e ainda coroei a noite realizando um sonho de conhecer a Sandy ao lado do meu amor e das minhas grandes amigas", escreveu a noiva. A noiva publicou uma foto ao lado da cantora e celebrou o momento Divulgação
Tue, 13 Nov 2018 03:03:13 -0000
Projeto Arteando capacita mães de crianças carentes no Gama Lins, em Maceió

Cursos de capacitação ocorrem no Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN). Projeto ajuda ONG de crianças carentes com coleção de artes em Maceió Uma história que mistura arte e solidariedade está mudando a realidade de famílias carentes do Gama Lins, na parte alta de Maceió. Uma especialista em moda, uma artista plástica e donas de casa se uniram no projeto Arteando para cuidar das crianças carentes e gerar renda para as famílias dos pequenos. O começo foi bem difícil. Os primeiros pontos quase não saíram, mas depois a dona de casa Carla Rodrigues aprimorou a técnica e ganhou um novo ofício, que pode se transformar em fonte de renda para o sustento da família. “Eu queria desistir. Eu nunca tinha pegado em agulha, nunca tinha mexido com linha", contou Carla. Ela cuida sozinha dos filhos. E fica difícil trabalhar fora, principalmente, por causa da Ariele, que é especial. "Tenho quatro filhos. Uma é especial. Eu dependo do salário dela para sobreviver, porque não posso trabalhar fora de casa", disse a dona de casa. A Carla faz parte de um projeto que ensina bordado a mulheres no conjunto Gama Lins, em Maceió. Para todas que participam, o projeto foi novidade. Nenhuma delas tinha pego numa agulha antes de chegar no projeto, mas em pouco mais de quatro meses já aprenderam tudo. A dona de casa Angélica lembra que o começo foi difícil. “Começamos com uma certa dificuldade, lógico, mas não demorou muito e a gente aprendeu", falou Angélica. E o resultado de todo o trabalho é uma coleção completa com 210 camisas diferentes e personalizadas. Um trabalho de arte, cidadania e solidariedade. Toda a renda da venda das camisas será destinada ao Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN), uma organização não governamental que atende crianças em situação de vulnerabilidade de 24 comunidades carentes de Maceió. O CREN também dá apoio às famílias. Os cursos de capacitação ocorreram no espaço do centro. A presidente do CREN, Telma Toledo, falou sobre o trabalho realizado com crianças e agora com as mães. “O CREN funciona há 11 anos. Nós atendemos nesse tempo mais ou menos 10 mil crianças. E hoje entendemos que se nós não melhorarmos o ambiente em que a criança vive trazendo a criança para cá e capacitando essa mãe para que ela tenha uma renda mínima, a gente não vai conseguir quebrar a pobreza estrutural, explicou Telma”. As estampas da coleção foram inspiradas nas obras da artista plástica Vera Gama. “É tudo feito à mão. Foi um trabalho muito minucioso. Há uns quatro, cinco meses a gente vem desenvolvendo. A gratificação é enorme e eu estou vendo que está tendo uma aceitação maravilhosa", falou Vera. “Eu acho que todo mundo ganha aqui. Ninguém sai perdendo. Todas as pessoas aqui estão ganhando, somando principalmente”, disse a especialista em moda Alina Amaral. Projeto Arteando é realizado no Gama Lins, em Maceió Reprodução/ TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Tue, 13 Nov 2018 02:57:23 -0000
VÍDEOS: JAP2 de segunda-feira, 12 de novembro

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
Tue, 13 Nov 2018 02:56:07 -0000
Tribunal transforma em prisão preventiva alvos da Operação Furna da Onça
Deputados da Alerj e outros investigados vão continuar presos. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) atendeu nesta segunda-feira (12) ao pedido do Ministério Público Federal (MPF) e transformou em prisão preventiva 15 investigados na Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio, deflagrada no último dia 8, presos temporariamente. O objetivo do pedido, segundo o MPF, é “impedir que os investigados possam continuar praticando crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa”. Para os procuradores, “o exercício do mandato dos deputados e dos demais investigados em suas funções públicas são também um risco para a obtenção de provas”. O documento cita todos os deputados presos e outros investigados, considerando a gravidade dos crimes praticados e as tentativas de destruir provas. A investigação é também conduzida pela Polícia Federal (PF) e a Receita Federal (RF). Para o MPF, a prisão preventiva de 18 dos 22 alvos é a melhor medida para impedir prejuízos ao andamento da investigação, já que houve indícios de que alguns investigados tiveram acesso a informações da Operação antes de ela começar, o que pode ter prejudicado perdas no cumprimento dos mandados de busca e apreensão. Conversão em prisão preventiva Deputados André Correa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Coronel Jairo (MDB), Luiz Martins (PDT), Marcelo Simão (PP), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius "Neskau" (PTB) Affonso Henrique Monnerat, secretário de Governo O vereador Daniel Martins (PDT) Carla Adriana Pereira, diretora de Registros do Detran Assessores Andreia Cardoso do Nascimento, Fabio Cardoso do Nascimento, José Antonio Wermelinger Machado, Leonardo Mendonça Andrade e Magno Cezar Motta Manutenção da prisão preventiva Edson Albertassi (MDB), Jorge Picciani (MDB) e Paulo Melo (MDB): suspensão do exercício da função pública Alcione Chaffin Andrade Fabri, chefe de gabinete e operadora financeira de Marcos Abrahão: proibição do exercício da função pública Jorge Luis de Oliveira Fernandes, assessor e operador financeiro de Coronel Jairo: proibição do exercício da função pública Leonardo Silva Jacob, presidente recém-exonerado do Detran Shirlei Aparecida Martins da Silva, recém-exonerada do cargo de subsecretária na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social Initial plugin text
Tue, 13 Nov 2018 02:55:11 -0000
Adolescente é morto com três tiros na Sacramenta, em Belém
João Vitor de Oliveira Pontes, 17, foi abordado por dupla que estava em uma moto. O adolescente João Vitor de Oliveira Pontes, 17 anos, foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (12) por dois homens que estavam em uma moto preta no bairro da Sacramenta, em Belém. Segundo a Polícia, por volta das 22h40 a vítima estava andando pela av. Pedro Álvares Cabral quando foi abordada. João tentou fugir, correndo até a passagem Vila Nova, mas foi alcançado e atingido por três tiros. Ele morreu no local do crime. A PM faz buscas pelos criminosos na área. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remover o corpo. A Polícia disse ainda que o adolescente já havia sido apreendido por porte ilegal de arma, durante tentativa de roubo a ônibus. Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326
Tue, 13 Nov 2018 02:51:37 -0000
VÍDEOS: JAM 2 desta segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
Tue, 13 Nov 2018 02:46:40 -0000
Bolsa Universidade tem mais de 11 mil inscritos em um dia; inscrições vão até 26 de novembro

O edital dispõe de 28.329 bolsas integrais e parciais em 14 unidades de ensino superior de Manaus. Saiba como concorrer. Programa oferece bolsas para ensino superior a estudantes de baixa renda Divulgação/NYU/John Abbott O primeiro dia de inscrições do Programa Bolsa Universidade registrou, até a tarde desta segunda-feira (12), um total de 11.531 inscritos no processo seletivo 2019. As informações são da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), coordenadora do Programa. O edital dispõe de 28.329 bolsas integrais (100%) e parciais (75% e 50%), em cursos de graduação para estudantes de baixa renda. As inscrições iniciaram nesta segunda-feira, às 8h, no site do Portal Espi, e seguem até as 9h do dia 26 de novembro. De acordo com a diretora-geral da Espi, Stela Cyrino, a expectativa é de que mais de 60 mil candidatos se inscrevam na seleção. A diretora disse ainda que é importante que os candidatos leiam o edital com atenção, a fim de evitar erros em um dos quatro passos da inscrição, ou até mesmo a própria desclassificação. O preenchimento correto dos campos é de total responsabilidade do candidato. Requisitos Para concorrer a uma das bolsas, o candidato deve, obrigatoriamente, ser brasileiro nato ou naturalizado, residente em Manaus, com renda familiar per capita (por pessoa da família) de até um salário mínimo e meio, além de ter ensino médio completo ou equivalente (ou concluir até o dia 31/12/2018) e não possuir diploma de curso superior ou estar matriculado em Instituição de Ensino Superior (IES) pública. O concorrente deve estar regularmente matriculado ou apto a se matricular em uma das IES parceiras do Programa e não ser beneficiário de programa de graduação mantido pelo poder público ou pela iniciativa privada. Universidades participantes Nesta edição, 14 IES estão credenciadas para a oferta de bolsas: Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa) Centro Universitário Fametro Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau) Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam) Faculdade Boas Novas (FBN) Faculdade Martha Falcão Wyden Faculdade Salesiana Dom Bosco Faculdade Santa Teresa Fucapi Instituto Amazônia de Ensino Superior (IAES) Materdei Uninorte Laureate Universidade Estácio de Sá Universidade Nilton Lins.
Tue, 13 Nov 2018 02:29:50 -0000
VÍDEOS: Jornal de Rondônia 1ª edição - Ariquemes de segunda-feira, 12 de novembro

Confira os destaques do Vale do Jamari. Confira os destaques do Vale do Jamari.
Tue, 13 Nov 2018 02:20:25 -0000
'Cabe aos pais cuidar das crianças', diz delegado sobre pornografia infantil na internet em RO

Responsáveis precisam ficar de olho sobre conversa dos filhos nas redes sociais, segundo Gabriel Fuchs, delegado da Polícia Civil. Operação Inpunitus foi deflagrada na última semana. PF alerta sobre casos de pornografia infantil Para além das investigações policiais, os principais aliados no combate à pornografia infantil na internet são os próprios pais. Isso é o que diz o delegado da Polícia Federal em Rondônia (PF-RO) Gabriel Fuchs. Segundo ele, os responsáveis precisam ficar de olho nos filhos e verificar com quem conversam dentro das redes sociais. "Cabe aos pais cuidar das crianças. Tem que monitorar o que essas crianças fazem, ver com quem elas conversam", disse. Investigar os tipos de "amigos virtuais" que as crianças e os adolescentes fazem também é uma das dicas deixada pelo delegado. Para evitar novas vítimas de usuários suspeitos, Gabriel ensina: nunca compartilhe fotos íntimas, evite dar endereços próximos de onde mora e estuda, não faça amizades virtuais com estranhos e jamais os encontre sem autorização. "Até mesmo porque, na maioria das vezes, o amigo virtual não é quem ele finge ser", complementou o delegado. Inpunitus Na última semana, cerca de 40 policiais federais foram às ruas de Porto Velho, Ariquemes e Ji-Paraná para frear o crime. Na Operação Inpunitus, cinco pessoas foram presas em flagrante e, de nove mandados de busca e apreensão expedidos, sete foram cumpridos. Os investigados são suspeitos de armazenarem e divulgarem cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo crianças ou adolescentes. Há suspeitas de que alguns dos envolvidos também aliciavam menores pelas de redes sociais. Operação investiga suspeitos de pornografia infantil. Divulgação/PF Os policiais conseguiram recolher notebooks, tablets, pen drives, entre outros equipamentes que os suspeitos utilizavam para montar e divulgar imagens de pornografia infantil. No momento, todo o material passa por análise. Segundo a PF, as investigações se basearam em um trabalho de inteligência que detectou pessoas usando redes sociais, serviços de e-mail e de armazenamento de arquivos na internet, além de programas para divulgar imagens e vídeos de pornografia infantil.
Tue, 13 Nov 2018 02:11:30 -0000
Banda Cachorro Grande anuncia parada após turnê de despedida feita com guitarrista demitido há seis meses

Às vezes, a vida dá voltas no universo pop com a mesma rapidez com que um single é lançado e logo esquecido. Em maio deste ano de 2018, a banda gaúcha Cachorro Grande demitiu o guitarrista Marcelo Gross, um dos fundadores do grupo, por conta de conflitos internos. Seis meses depois, Cachorro Grande anuncia neste mês de novembro que vai sair de cena, mas, antes do fim, faz turnê de despedida em que contará com Marcelo Gross na formação da banda. Os shows da turnê estão programados até meados de 2019. Daí em diante, cada músico trilhará o próprio caminho. O vocalista Beto Bruno vai lançar o primeiro álbum solo, já em processo inicial de gravação. A propósito, o show de lançamento do disco solo de Bruno será feito com banda que incluirá o guitarrista Gustavo X. O baterista Gabriel Azambuja irá investir na atividade de produtor musical. O baixista Rodolfo Krieger já está com viagem agendada para a Europa. Já o pianista Pedro Pelotas tocará projetos individuais ainda não divulgados. O fato é que a banda Cachorro Grande sairá de cena em 2019, vinte anos após ter sido formada em 1999 na cidade de Porto Alegre (RS), deixando discografia que totaliza oito álbuns de estúdio e quatro registros ao vivo de shows, sendo dois somente da banda e dois em projetos coletivos divididos com outros artistas. Editoria de Arte / G1
Tue, 13 Nov 2018 02:02:41 -0000

Offerte e servizi speciali per te

This page was created in: 0.01 seconds

Copyright 2018 Oscar WiFi

Questo sito consente l’invio di cookie tecnici, di profilazione di 'terze parti' e utilizza cookie di analisi di terze parti per compilare statistiche aggregate ed anonime. Per avere indicazioni sull’uso dei cookie e la possibilità di scegliere quali specifici cookie autorizzare acceda all’Informativa estesa. Proseguendo nella navigazione mediante accesso ad altra area del sito o scroll della pagina o selezione di un elemento dello stesso (immagini o link) oppure selezionando ACCETTA I COOKIE acconsente l’utilizzo dei cookie presenti. Ulteriori informazioni